VOGAIS FM
  • Vogais FM

Prefeitura dá posse a novos membros do Comitê Interinstitucional Municipal de Promoção, Proteção e Apoio aos Migrantes Internacionais e Refugiados

A Prefeitura de Campo Grande deu posse nesta terça-feira (19), aos novos membros titulares e suplentes do Comitê Interinstitucional Municipal de Promoção, Proteção e Apoio aos Migrantes Internacionais e Refugiados, suas Famílias Crianças e Adolescentes (CIMPAMIRF) para o biênio 2024/2026.

Instituído através do decreto n. 14.881, publicado no Diogrande N. 6.403, de 01 de setembro de 2021, o Comitê tem por objetivo a criação de políticas públicas especialmente voltadas à população imigrante e é composto por servidores de cada política pública do município, entidades e órgãos da rede de atendimento de migrantes nacionais e internacionais. Ao todo, foram empossados, 56 membros de 29 entidades do Poder Público e da Sociedade Civil.

A prefeita Adriane Lopes destacou o perfil acolhedor da capital e as ações que humanizam o atendimento aos migrantes internacionais, através das políticas públicas implementadas pelas secretarias municipais. “Campo Grande tem uma vocação muito grande para o acolhimento e recebe pessoas de todas as partes do mundo. O comitê tem um trabalho fundamental na construção e fortalecimento de uma rede de apoio para garantir a essas pessoas, que elegeram Campo Grande como uma terra de recomeço, dignidade e plenas condições de crescimento, expansão e avanço”, salientou a chefe do Executivo Municipal.

A coordenadora do Comitê, a titular da Subsecretaria  de Defesa dos Direitos Humanos, Thais Helena ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pelo comitê, na oferta de suporte aos migrantes e imigrantes ao chegarem à Capital. “ Essas pessoas deixam suas terras natais, famílias, amigos, carreiras e sonhos em busca de oportunidades, de paz, segurança, de uma vida melhor para se viver. Esse comitê foi instituído para atuar como uma ponte, ligando essas pessoas aos serviços essenciais à promoção dos Direitos Humanos, proporcionando proteção, promoção e defesa dos migrantes internacionais e refugiados que se encontram em nosso município”.

Representante do Ministério Público do Estado de Mato Grosso Do Sul, Clarissa Carlotto Torres falou sobre a soma de esforços para a criação do comitê e enalteceu o trabalho da gestão municipal na garantia de direitos fundamentais aos que estão em processo migratório ou escolhem Campo Grande como lar.

“O comitê é fruto de uma ação articulada de muitas pessoas, de uma escuta especializada através da qual foi possível ouvir migrantes, imigrantes e refugiados e dessa forma garantir a eles direitos fundamentais. De forma muito sensível, o Município de Campo Grande assumiu a criação desse comitê, a fim de unir todas as instituições para uma atuação forte na garantia dos direitos dessa população para quando as pessoas procurarem Campo Grande, sintam-se realmente cidadãs. Acredito que não tem nada mais extraordinário para uma pessoa do que sentir-se pertencente”, pontuou.

Morando em Campo Grande há 8 anos, membro empossado do comitê, o tradutor haitiano Junel Ilora (34) exaltou os avanços e as conquistas que as políticas públicas oportunizaram no apoio aos imigrantes internacionais.

“Eu vim do Haiti direto para Campo Grande. Ao chegar aqui sofri bastante sem saber a quem recorrer, não dominava o português, o que dificultou ainda mais. Hoje, o cenário é bem diferente, através de parcerias, o comitê coloca à disposição do imigrante uma estrutura que torna esse processo mais tranquilo. O comitê seguirá trabalhando pela manutenção das atuais parcerias e buscar novos parceiros para que os imigrantes que chegarem à Campo Grande encontrem esta realidade, tenham auxílio nesta integração”, reforçou ele.

O CIMPAMIRF é um órgão colegiado, consultivo e fiscalizador. Compete ao comitê pensar estratégias no intuito de criar políticas e garantir direitos desse público que vêm aumentando significativamente. Também é feito o acompanhamento e controle social da implementação dessas políticas e, entre outros, a articulação, junto a órgãos públicos e privados, para o suporte e a manutenção dos mesmos.

Os membros realizam reuniões mensais, das quais resultou o plano municipal de migrantes internacionais e articula ações que promovem a cidadania, inserção ao mercado de trabalho e a inclusão social.

As nomeações dos membros conforme decreto “PE” N. 593, de 01 de março de 2024 estão publicadas no Diário Oficial (Diogrande) n.7.407, de 01 de março de 2024, em exercício a partir de 01 de março de 2024 à 01 de março de 2026, conforme relacionado abaixo:

 

Representantes do Poder Público

Secretaria de Governo e Relações Institucionais – Segov

Titular: Thais Helena Vieira Rosa Gomes Da Silva

 

Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social – Sesdes

Titular: Anderson Francisco Fretes Ortigoza

Suplente: Alexandre De Souza Pedroso

 

Secretaria Municipal de Assistência Social – SAS

Titular: Mayza dos Reis Rodrigues Vilela

Suplente: Priscilla Carla dos Santos Justi

 

Secretaria Municipal De Educação – Semed

Titular: Maria das Dores Dias Acosta

Suplente: Luzenil Freitas da Silva

 

Secretaria Municipal De Saúde – Sesau

Titular: Maria Penha de Almeida Insfran

Suplente: Chrystianne Oliveira Dias

 

Subsecretaria De Defesa Dos Direitos Humanos – SDHU

Titular: Laura de Castro Lara

Suplente: Marcos Ribeiro dos Anjos

 

Secretaria Municipal da Juventude – Sejuv

Titular: Rafaela Maia Gomes

Suplente: Marly Cristina Araújo da Costa

 

Fundação Social Do Trabalho – Funsat

Titular: André Mosca Aguero

Suplente: Andrea Gomes Da Silva Carvalho

 

Fundo De Apoio à Comunidade – FAC

Titular: Adir da Silva Oliveira Diniz

Suplente: Roberta Vitor de Arruda Queiroz

 

Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários – Emha

Titular: Neide Viegas Menezes

Suplente: Ana Karoline Bruneri Fialho

 

Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA

Titular: Márcio Benites Anastácio

Suplente: Eliane Aparecida Bittencourt

 

Assembleia Legislativa de Mato Grosso Do Sul

Titular: Lúcia Maria Furtado Da Silva

Suplente: Silas Fauzi de Oliveira

 

Câmara Municipal de Campo Grande

Titular: Patrícia Souza de Oliveira

Suplente: Andrea Luciana da Silva Sabio

 

Superintendência Regional da Polícia Federal no Ms

Titular: Flávia Renata Matos Michel

Suplente: Luciana Alves Nepomuceno

 

Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso Do Sul

Titular: Enio de Sousa Soares

Suplente: Yuri Yasuo Noguchi

 

Subsecretaria de Políticas Para a Mulher – Semu

Titular: Marina Rosa Sampaio Bragança

Suplente: Juliana dos Santos

 

Defensoria Pública da União

Titular: Daniele de Souza Ozório

Suplente: Andressa Santana Arce

 

Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso Do Sul

Titular: Thaisa Raquel Medeiros de Albuquerque Defante

Suplente: Regina Célia Rodrigues Magro

 

OAB – Seccional Mato Grosso do Sul

Titular: Cristiane Martins Viegas de Oliveira

Suplente: Márcia Cristina dos Santos Alves Elsenbach

 

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS

Titular: Cézar Augusto Silva

Suplente: Ana Paula Martins Amaral

 

Universidade Estadual de Mato Grosso Do Sul – UEMS

Titular: João Fábio Sanches

Suplente: Thaissa Moreira Prado

 

Ministério Público do Estado de Mato Grosso Do Sul

Titular: Clarissa Carlotto Torres

Suplente: Francisco Neves Júnior

 

Ministério Público Federal

Titular: Samara Yasser Yassine Dalloul

 

Representantes da Sociedade Civil

 

Arquidiocese de Campo Grande

Titular: Niura Sandra Matos Montalvão

Suplente: Junel Ilora

 

Casa de Passagem Resgate

Titular: Débora Bataglin Coquemala de Sousa

Suplente: Daniely Barbosa Arguelho

 

Primeira Igreja Evangélica Batista de Campo Grande – Ms

Titular: Vania Villavicencio

Suplente: Júnia Cristina Alves

 

Associação Comercial E Industrial de Campo Grande

Titular: Nilson Carvalho Vieira

Suplente: Juliana Aparecida Fleury Aranda

 

Câmara de Dirigentes Lojista de Campo Grande – CDL

Titular: Adelaido Luiz Spinosa Vilela

Suplente: Ariadne Martins Fama Almeida

 

Cruz Vermelha

Titular: Rodrigo da Silva Bezerra Pinheiro de Almeida Reis

Suplente: Esther Barrios Rojas



Fonte

Compartilhe:
Facebook
WhatsApp
Twitter
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias
Enquete

Qual sua opinião do Governo Lula?

  • A Justiça Eleitoral de Jardim, por meio da juíza Melyna Machado Mescouto Fialho, determinou a exclusão de uma postagem nas redes sociais que criticava a prefeita de Jardim, Clediane Areco Matzenbacher. A decisão foi baseada na interpretação de que a publicação configurava propaganda eleitoral antecipada negativa.

A representação foi apresentada pela Comissão Provisória Municipal do Podemos de Jardim, contra a vereadora Jakeline Domingues Ayala. A acusação foi de que entre os dias 5 e 10 de junho de 2024, Jakeline impulsionou um vídeo no Instagram intitulado “Mais um caso de censura e abuso de poder em Jardim/MS”, alcançando entre 10 a 15 mil pessoas.

No vídeo, a vereadora Jake Ayala critica a prefeita Clediane Areco Matzenbacher pela demissão de uma professora que reivindicava melhores condições para seus alunos. “É inadmissível o que está acontecendo em Jardim. Chega desse coronelismo. É a hora da gente dar o troco. 2024 é o momento da resposta. A prefeita não pode mais permanecer,” afirmou Jakeline no vídeo.

Saiba mais 🔗 www.sudoeste_ms.com.br
  • 🚨VEJA: A Festa do Banho de São João, em Corumbá (MS), contrasta com o Pantanal sul-mato-grossense em chamas. 

Um vídeo que circula no Instagram desde sábado, 22, mostra a festividade de um ângulo triste, com o fogo consumindo a vegetação próxima ao Rio Paraguai. 😔🥺
  • Durante discurso, @sorayathronicke lembra que o SUS banca vasectomia para quem quiser fazer: “O SUS banca a vasectomia de graça. E eu não vejo ninguém aqui legislar sobre o corpo dos homens”. O que acharam?

Siga @sudoeste_ms para ver mais! 📌 

(Vídeo/Reprodução: divulgação )
  • Na pesquisa espontânea, a liderança é de André Guimarães, com 20,4% das intenções de votos, sendo que na anterior realizada em março o percentual foi 22,6%, seguido por Dr. Juliano, com 16,6%, sendo que na anterior o percentual foi 12%, e Valdir Junior, com 4%, sendo que na anterior ele não foi citado, enquanto 2% citaram outros nomes, sendo que na anterior o percentual foi 1%, e 57% não sabem ou não responderam, sendo que anterior o percentual foi 52,2%.

Estimulada

No levantamento estimulado, a liderança continua André Guimarães, com 36%, sendo que no anterior o percentual foi 38%, tecnicamente empatado, considerando a margem de erro, com Dr. Juliano, com 33%, sendo que no anterior o percentual foi 24%, enquanto 31% dos entrevistados não sabem ou não responderam, sendo que no anterior o percentual foi 20%.

Rejeição estimulada

No quesito rejeição estimulada, André Guimarães, com 10,2%, sendo que na pesquisa anterior o percentual foi 4%, seguido por Dr. Juliano, com 9,6%, sendo que na anterior o percentual foi 5%, enquanto 80,2% dos entrevistados não sabem ou não responderam, sendo que na anterior o percentual foi 48%.
  • Em novembro de 2023, um incêndio destruiu tudo o que as famílias da comunidade Mandela, em Campo Grande, possuíam

Ao prometer entregar as casas custeadas pela prefeitura, a prefeita Adriane Lopes (PP) recusou uma ajuda de R$ 9 milhões oferecida pela senadora Soraya Thronicke (Podemos), destinada à reconstrução das moradias.

Devido à recusa dos recursos, os moradores das mais de 180 novas casas que serão construídas pela prefeitura terão que arcar com um custo de R$ 187 por mês, durante 30 anos, para habitar as novas residências. A negativa da prefeita foi confirmada pelo próprio governador em dezembro de 2023.

“A construção dos recursos para as casas foi feita em parceria com a senadora Soraya. A regularização do terreno é uma premissa,” destacou o governador. Ele explicou que “quando Maria do Carmo Secretaria de Estado e Habitação, oficiou a prefeita no dia 12, a prefeita negou o recurso para a construção das casas.”
  • 🏋️‍♀️🏋️🙏 A primeira academia cristã foi inaugurada em Curitiba na última semana. O espaço que promete aliar o bem-estar  e a fé chamou a atenção nas redes sociais. A proposta do local é única: além de se exercitarem, os alunos podem meditar ao som de pregações e músicas cristãs, criando uma atmosfera de espiritualidade e reflexão. A academia também se destaca por não tocar músicas consideradas mundanas e por promover um ambiente de respeito, livre de abordagens indesejadas.

A proposta atraiu a atenção dos internautas, gerando diversos comentários nas redes sociais. “De coração, isso não é crítica, mas uma dúvida, qual a diferença de uma academia convencional para a academia Sou Mais Cristo?”, questionou um usuário. Outro, em tom de ironia, comentou: “A leg prece também é uma boa treinada.”

🎥 Reprodução
  • 🚨VEJA: Um caso chocante de agressão ocorreu dentro de uma sala de aula em Cianorte, no Paraná. O Um aluno de 17 anos, do segundo ano do ensino médio, aplicou um golpe conhecido como mata-leão em um professor durante uma discussão. O conflito começou quando o professor afastou a carteira do aluno por ele se recusar a se juntar à fila formada pelos colegas. Outros alunos tentaram intervir enquanto o jovem imobilizava o docente. Tanto a escola quanto o professor registraram boletins de ocorrência. O professor sofreu ferimentos leves e precisará passar por exame de corpo delito.
  • 🥹🥹 Impossível não se emocionar com esse vídeo

Dan Dukorre, de São Paulo (SP), compartilhou um momento muito especial e emocionante com sua família. Ele, que nasceu e cresceu na comunidade do Capão Redondo, teve a oportunidade de ir para a Inglaterra em 2018 e passou 5 anos em Londres, longe da família, tentando buscar uma vida melhor.

Ele deixou os dois filhos no Brasil. “Cada dia que passava, o peito apertava e as chamadas de vídeo já não eram suficientes”, escreveu Dan.

Depois desse tempo retornou e decidiu fazer uma surpresa para sua família. Na cena, ele chega em casa e seus filhos não se aguentam de alegria e emoção ao revê-lo.

🎥 Reprodução: @dan.dukorre | @dommedia.br
  • Frentista é presa por matar a filha bebê de dez meses envenenada com chumbinho, colocar no congelador e, de noite, colocar corpo para “ninar”. Simary colocava a bebê em uma cadeirinha e cobria com um pano. Ela mentiu para amigos, familiares e vizinhos dizendo que a pequena Sofia Rayane estava com a avó paterna. Inclusive, teria comprado um número novo para se passar pela idosa por mensagens. A motivação é um mistério. O caso aconteceu em Jaboatão dos Guararapes, no Pernambuco.
A Justiça Eleitoral de Jardim, por meio da juíza Melyna Machado Mescouto Fialho, determinou a exclusão de uma postagem nas redes sociais que criticava a prefeita de Jardim, Clediane Areco Matzenbacher. A decisão foi baseada na interpretação de que a publicação configurava propaganda eleitoral antecipada negativa.

A representação foi apresentada pela Comissão Provisória Municipal do Podemos de Jardim, contra a vereadora Jakeline Domingues Ayala. A acusação foi de que entre os dias 5 e 10 de junho de 2024, Jakeline impulsionou um vídeo no Instagram intitulado “Mais um caso de censura e abuso de poder em Jardim/MS”, alcançando entre 10 a 15 mil pessoas.

No vídeo, a vereadora Jake Ayala critica a prefeita Clediane Areco Matzenbacher pela demissão de uma professora que reivindicava melhores condições para seus alunos. “É inadmissível o que está acontecendo em Jardim. Chega desse coronelismo. É a hora da gente dar o troco. 2024 é o momento da resposta. A prefeita não pode mais permanecer,” afirmou Jakeline no vídeo.

Saiba mais 🔗 www.sudoeste_ms.com.br
A Justiça Eleitoral de Jardim, por meio da juíza Melyna Machado Mescouto Fialho, determinou a exclusão de uma postagem nas redes sociais que criticava a prefeita de Jardim, Clediane Areco Matzenbacher. A decisão foi baseada na interpretação de que a publicação configurava propaganda eleitoral antecipada negativa. A representação foi apresentada pela Comissão Provisória Municipal do Podemos de Jardim, contra a vereadora Jakeline Domingues Ayala. A acusação foi de que entre os dias 5 e 10 de junho de 2024, Jakeline impulsionou um vídeo no Instagram intitulado “Mais um caso de censura e abuso de poder em Jardim/MS”, alcançando entre 10 a 15 mil pessoas. No vídeo, a vereadora Jake Ayala critica a prefeita Clediane Areco Matzenbacher pela demissão de uma professora que reivindicava melhores condições para seus alunos. “É inadmissível o que está acontecendo em Jardim. Chega desse coronelismo. É a hora da gente dar o troco. 2024 é o momento da resposta. A prefeita não pode mais permanecer,” afirmou Jakeline no vídeo. Saiba mais 🔗 www.sudoeste_ms.com.br
4 horas ago
View on Instagram |
1/9
🚨VEJA: A Festa do Banho de São João, em Corumbá (MS), contrasta com o Pantanal sul-mato-grossense em chamas. Um vídeo que circula no Instagram desde sábado, 22, mostra a festividade de um ângulo triste, com o fogo consumindo a vegetação próxima ao Rio Paraguai. 😔🥺
18 horas ago
View on Instagram |
2/9
Durante discurso, @sorayathronicke lembra que o SUS banca vasectomia para quem quiser fazer: “O SUS banca a vasectomia de graça. E eu não vejo ninguém aqui legislar sobre o corpo dos homens”. O que acharam? Siga @sudoeste_ms para ver mais! 📌 (Vídeo/Reprodução: divulgação )
1 dia ago
View on Instagram |
3/9
Na pesquisa espontânea, a liderança é de André Guimarães, com 20,4% das intenções de votos, sendo que na anterior realizada em março o percentual foi 22,6%, seguido por Dr. Juliano, com 16,6%, sendo que na anterior o percentual foi 12%, e Valdir Junior, com 4%, sendo que na anterior ele não foi citado, enquanto 2% citaram outros nomes, sendo que na anterior o percentual foi 1%, e 57% não sabem ou não responderam, sendo que anterior o percentual foi 52,2%.

Estimulada

No levantamento estimulado, a liderança continua André Guimarães, com 36%, sendo que no anterior o percentual foi 38%, tecnicamente empatado, considerando a margem de erro, com Dr. Juliano, com 33%, sendo que no anterior o percentual foi 24%, enquanto 31% dos entrevistados não sabem ou não responderam, sendo que no anterior o percentual foi 20%.

Rejeição estimulada

No quesito rejeição estimulada, André Guimarães, com 10,2%, sendo que na pesquisa anterior o percentual foi 4%, seguido por Dr. Juliano, com 9,6%, sendo que na anterior o percentual foi 5%, enquanto 80,2% dos entrevistados não sabem ou não responderam, sendo que na anterior o percentual foi 48%.
Na pesquisa espontânea, a liderança é de André Guimarães, com 20,4% das intenções de votos, sendo que na anterior realizada em março o percentual foi 22,6%, seguido por Dr. Juliano, com 16,6%, sendo que na anterior o percentual foi 12%, e Valdir Junior, com 4%, sendo que na anterior ele não foi citado, enquanto 2% citaram outros nomes, sendo que na anterior o percentual foi 1%, e 57% não sabem ou não responderam, sendo que anterior o percentual foi 52,2%. Estimulada No levantamento estimulado, a liderança continua André Guimarães, com 36%, sendo que no anterior o percentual foi 38%, tecnicamente empatado, considerando a margem de erro, com Dr. Juliano, com 33%, sendo que no anterior o percentual foi 24%, enquanto 31% dos entrevistados não sabem ou não responderam, sendo que no anterior o percentual foi 20%. Rejeição estimulada No quesito rejeição estimulada, André Guimarães, com 10,2%, sendo que na pesquisa anterior o percentual foi 4%, seguido por Dr. Juliano, com 9,6%, sendo que na anterior o percentual foi 5%, enquanto 80,2% dos entrevistados não sabem ou não responderam, sendo que na anterior o percentual foi 48%.
4 dias ago
View on Instagram |
4/9
Em novembro de 2023, um incêndio destruiu tudo o que as famílias da comunidade Mandela, em Campo Grande, possuíam

Ao prometer entregar as casas custeadas pela prefeitura, a prefeita Adriane Lopes (PP) recusou uma ajuda de R$ 9 milhões oferecida pela senadora Soraya Thronicke (Podemos), destinada à reconstrução das moradias.

Devido à recusa dos recursos, os moradores das mais de 180 novas casas que serão construídas pela prefeitura terão que arcar com um custo de R$ 187 por mês, durante 30 anos, para habitar as novas residências. A negativa da prefeita foi confirmada pelo próprio governador em dezembro de 2023.

“A construção dos recursos para as casas foi feita em parceria com a senadora Soraya. A regularização do terreno é uma premissa,” destacou o governador. Ele explicou que “quando Maria do Carmo Secretaria de Estado e Habitação, oficiou a prefeita no dia 12, a prefeita negou o recurso para a construção das casas.”
Em novembro de 2023, um incêndio destruiu tudo o que as famílias da comunidade Mandela, em Campo Grande, possuíam Ao prometer entregar as casas custeadas pela prefeitura, a prefeita Adriane Lopes (PP) recusou uma ajuda de R$ 9 milhões oferecida pela senadora Soraya Thronicke (Podemos), destinada à reconstrução das moradias. Devido à recusa dos recursos, os moradores das mais de 180 novas casas que serão construídas pela prefeitura terão que arcar com um custo de R$ 187 por mês, durante 30 anos, para habitar as novas residências. A negativa da prefeita foi confirmada pelo próprio governador em dezembro de 2023. “A construção dos recursos para as casas foi feita em parceria com a senadora Soraya. A regularização do terreno é uma premissa,” destacou o governador. Ele explicou que “quando Maria do Carmo Secretaria de Estado e Habitação, oficiou a prefeita no dia 12, a prefeita negou o recurso para a construção das casas.”
5 dias ago
View on Instagram |
5/9
🏋️‍♀️🏋️🙏 A primeira academia cristã foi inaugurada em Curitiba na última semana. O espaço que promete aliar o bem-estar e a fé chamou a atenção nas redes sociais. A proposta do local é única: além de se exercitarem, os alunos podem meditar ao som de pregações e músicas cristãs, criando uma atmosfera de espiritualidade e reflexão. A academia também se destaca por não tocar músicas consideradas mundanas e por promover um ambiente de respeito, livre de abordagens indesejadas. A proposta atraiu a atenção dos internautas, gerando diversos comentários nas redes sociais. “De coração, isso não é crítica, mas uma dúvida, qual a diferença de uma academia convencional para a academia Sou Mais Cristo?”, questionou um usuário. Outro, em tom de ironia, comentou: “A leg prece também é uma boa treinada.” 🎥 Reprodução
6 dias ago
View on Instagram |
6/9
🚨VEJA: Um caso chocante de agressão ocorreu dentro de uma sala de aula em Cianorte, no Paraná. O Um aluno de 17 anos, do segundo ano do ensino médio, aplicou um golpe conhecido como mata-leão em um professor durante uma discussão. O conflito começou quando o professor afastou a carteira do aluno por ele se recusar a se juntar à fila formada pelos colegas. Outros alunos tentaram intervir enquanto o jovem imobilizava o docente. Tanto a escola quanto o professor registraram boletins de ocorrência. O professor sofreu ferimentos leves e precisará passar por exame de corpo delito.
1 semana ago
View on Instagram |
7/9
🥹🥹 Impossível não se emocionar com esse vídeo Dan Dukorre, de São Paulo (SP), compartilhou um momento muito especial e emocionante com sua família. Ele, que nasceu e cresceu na comunidade do Capão Redondo, teve a oportunidade de ir para a Inglaterra em 2018 e passou 5 anos em Londres, longe da família, tentando buscar uma vida melhor. Ele deixou os dois filhos no Brasil. “Cada dia que passava, o peito apertava e as chamadas de vídeo já não eram suficientes”, escreveu Dan. Depois desse tempo retornou e decidiu fazer uma surpresa para sua família. Na cena, ele chega em casa e seus filhos não se aguentam de alegria e emoção ao revê-lo. 🎥 Reprodução: @dan.dukorre | @dommedia.br
3 semanas ago
View on Instagram |
8/9
Frentista é presa por matar a filha bebê de dez meses envenenada com chumbinho, colocar no congelador e, de noite, colocar corpo para “ninar”. Simary colocava a bebê em uma cadeirinha e cobria com um pano. Ela mentiu para amigos, familiares e vizinhos dizendo que a pequena Sofia Rayane estava com a avó paterna. Inclusive, teria comprado um número novo para se passar pela idosa por mensagens. A motivação é um mistério. O caso aconteceu em Jaboatão dos Guararapes, no Pernambuco.
1 mês ago
View on Instagram |
9/9

Matérias Relacionadas