VOGAIS FM
  • Vogais FM

LFU acena para clubes da Libra, mas conversas para criação de liga unificada seguem empacadas

O noticiário envolvendo os dois grupos que disputam a hegemonia pela criação de uma liga unificada para organizar o Campeonato Brasileiro andava silencioso neste começo de ano, mesmo com toda a polêmica envolvendo a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que acabou retornando para o colo do presidente Ednaldo Rodrigues, com as devidas bênçãos de órgãos como Fifa, Conmebol, Supremo Tribunal Federal (STF) e até mesmo dos clubes das principais divisões do país.

Nos bastidores, contudo, a movimentação criada em torno da natimorta tentativa de candidatura do presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, para o comando da CBF animou a Liga Forte União (LFU, antiga Liga Forte Futebol) a realizar uma investida sobre o grupo dissidente, a Liga do Futebol Brasileiro (Libra).

Nesta semana, a jogada da LFU no tabuleiro de xadrez futebolístico materializou-se na forma de um memorando encaminhado aos clubes dos dois grupos, trazendo a proposta para divisão das receitas, em caso de uma eventual venda dos direitos do Brasileirão à Globo, maior emissora do país e cujo contrato para exibição da Série A irá se encerrar neste ano.

Como é a proposta

Em linhas gerais, a proposta segue princípios muito parecidos aos da oferta que a Libra havia feito à antiga LFF, em fevereiro do ano passado, e pela qual 85% do valor arrecadado com direitos de mídia seriam destinados aos times da Série A, ao passo que os 15% restantes iriam para as equipes da B.

Na elite do Brasileirão, 45% dos recursos seriam divididos igualmente entre todos os clubes. Outros 30% seriam entregues de acordo com a performance de cada time no campeonato. E os outros 25% estariam relacionados ao apelo comercial das equipes, avaliado de acordo com um cálculo que levaria em conta não apenas a audiência, mas o peso de cada plataforma de mídia.

Essa proposta, embora parecida à que a Libra fez no ano passado, foi elaborada pela LFU, que desde a mobilização em torno da tentativa de candidatura de Carneiro Bastos, passou a se aproximar dos times paulistas que também orbitavam o cartola da FPF.

Ainda não é namoro

Nos dias que se seguiram à reunião de Ednaldo Rodrigues com representantes de 40 clubes das séries A e B do Brasileirão, a Máquina do Esporte conversou em off com um dirigente da LFU, que confirmou o movimento de aproximação com os times da Libra.

“Quando Ednaldo foi afastado, inicialmente a Forte União estava fechada com ele. Depois, com o desenrolar da situação, passamos a apoiar a candidatura de Reinaldo Carneiro Bastos, com o compromisso de que ele trabalharia para a liga unificada sair do papel. Agora, mesmo com o retorno de Ednaldo, essa proximidade entre os dois grupos permaneceu”, explicou.

De acordo com ele, a aproximação não equivale, pelo menos por ora, a um namoro. “Por enquanto, o que rolou é aquela encostadinha de mão, que pode vir a ser tornar algo mais sério, lá adiante”, disse.  

Na reunião realizada na sede da CBF, em 9 de janeiro, dirigentes da LFU abordaram Ednaldo e solicitaram ao dirigente que apoiasse a criação da liga unificada. O cartola não respondeu nem que sim, nem que não.

Nos bastidores, a postura do presidente pode ser entendida como um sinal de que a confederação deixará a encargo dos clubes a missão de constituir ou não uma liga para organizar o Brasileirão.

Libra tem proposta bilionária por direitos de TV

No fim do ano passado, os clubes que compõem a LFU fecharam a venda de 20% de seus direitos comerciais do Brasileirão pelo prazo de 50 anos, contados a partir de 2025, pelo valor de R$ 2,6 bilhões.

Quantia que deverá ser quitada nos próximos 18 meses, sendo que a primeira cota, de 50% do valor do investimento, foi paga já em novembro do ano passado. O acordo foi feito com a Life Capital Partners (LCP), a XP Investimentos e a norte-americana General Atlantic.

A Libra também conta com um investidor, o Mubadala Capital, dos Emirados Árabes Unidos, que propôs criar, em sociedade com os clubes, uma agência que ficará responsável pela venda de direitos de mídia dos times do grupo disputarem a Série A do Brasileirão

Nessa sociedade, as equipes ficariam com 50% do faturamento, enquanto o fundo teria os outros 50%. A agência teria exclusividade por 25 anos (até 2049) na negociação dos direitos de mídia dos clubes e, pela proposta apresentada, a Mubadala ficaria com uma série de obrigações para com os clubes.

Em junho do ano passado, GuaraniItuanoMirassolNovorizontinoPonte PretaSampaio Corrêa e Vitória, que integram a Libra, assinaram acordo com o fundo de investimentos, recebendo em troca a quantia de R$ 3 milhões.

Em contrapartida, o Flamengo, clube de maior torcida do país e um dos principais articuladores da Libra, deixou claro que não está disposto a entregar seus direitos comerciais pelo prazo de 50 anos, pelos valores oferecidos pelos fundos de investimento.

“Hoje, o Flamengo considera que as condições apresentadas aos clubes não valem a pena. Nos preocupa ver notícias de que clubes estão fechando contratos de 50 anos. No Flamengo, fizemos os cálculos, as eleições são de três em três anos. Um contrato desses pegaria os próximos 18 presidentes”, afirmou no ano passado o vice-presidente de comunicação e marketing do time carioca, Gustavo Oliveira, em entrevista ao podcast Maquinistas, comandado por Erich Beting e Gheorge Rodriguez.

Tanto que, nos últimos tempos, os clubes da Libra têm focado seus esforços nas negociações sobre direitos de transmissão com a Globo.

Na última proposta feita ao grupo, a emissora ofereceu R$ 1,3 bilhão, além da divisão das receitas do pay-per-view no Premiere.

Discussão sobre liga unificada segue empacada

Caso os times aceitem a proposta da LFU, as negociações da Libra com a Globo retornariam à estaca zero.

A Máquina do Esporte apurou com dirigentes de clubes que integram o grupo que as discussões com a LFU ainda seguem muito indefinidas.

“O que existe é uma proposta da Forte União para a Libra. Apenas isso. Tudo está no mesmo passo”, afirmou um deles, ligado a um time que ainda não assinou com o fundo do Emirados Árabes.

A recente movimentação da LFU deixa claro que o grupo resolveu voltar suas forças para a busca de uma negociação mais vantajosa pelos direitos de TV.

Vale lembrar que, apesar de a LFU contar com um maior número de integrantes, a Libra tem em suas fileiras Flamengo e Corinthians, que possuem as duas maiores torcidas do país e mobilizam as audiências dos dois principais mercados de mídia do Brasil – São Paulo, no caso do alvinegro, e Rio de Janeiro, no caso do rubro-negro.

A Libra tem, na verdade, quatro das cinco maiores torcidas brasileiras (além dos dois times citados, São Paulo e Palmeiras).

Diante desse cenário, a negociação em bloco com a Libra poderia ser benéfica para os times da LFU, ao menos neste momento. Enquanto isso, as discussões sobre a liga unificada seguem empacadas e sem perspectivas de avançar em um futuro próximo.

Fonte

Compartilhe:
Facebook
WhatsApp
Twitter
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias
Enquete

Qual sua opinião do Governo Lula?

  • Kamala Harris é a nova candidata democrata nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Siga @sudoeste_ms para ver mais!

(Reprodução: @joebiden )
  • A prefeita Adriane Lopes (PP) vem fazendo um rumoroso carnaval fora de época para proclamar a maior obra de sua gestão: a construção de um hospital por uma empresa privada, que vai alugá-lo ao Município por até R$ 5,1 milhões mensais durante 20 anos. Neste período, a construtora investirá R$ 842,1 milhões e abocanhará um lucro de R$ 392,015 milhões.

Trata-se de um delírio, se a realidade dos fatos for levada em conta. No início deste mês, por absoluta falta de competência e de zelo de Adriane, o Ministério da Saúde tirou da prefeitura de Campo Grande a gestão plena do Hospital Regional e a transferiu para o governo estadual. Com esta medida, a caótica situação da saúde vai piorar, já que os cofres da municipalidade vão perder R$ 4,8 milhões de repasses a cada mês, o que representa, em um ano, R$ 57,6 milhões.

Saiba mais www.sudoestems.com.br
  • Jair Bolsonaro se ofereceu para conversar com chefe da Receita Federal sobre investigação de Flávio Bolsonaro.

“A gente nunca sabe se alguém está gravando alguma coisa. Não estamos procurando favorecimento de ninguém”, afirmou o então Presidente da República que, de fato, era gravado clandestinamente por Alexandre Ramagem.

📹 Reprodução
  • Incêndio de grandes proporções destrói o Shopping Popular; vídeos e fotos impressionam

Um incêndio de grandes proporções destruiu o Shopping Popular, que fica localizado no bairro Dom Aquino, em Cuiabá, na madrugada desta segunda-feira (15), em Cuiabá. Militares do Corpo de Bombeiros estão no local para tentar conter as chamas. Informações preliminares apontam que grande parte da estrutura desabou. Não há informações feridos. 

📹OLHARDIRETO

#shoppingpopular #incendio #bombeiros #cuiaba #olhardireto #fogo
  • O ex-presidente Donald Trump foi retirado às pressas do palco por agentes do Serviço Secreto durante um comício eleitoral em Butler, na Pensilvânia, após vários sons que pareciam tiros. O republicano foi cercado pelos agentes e escoltado para um carro de sua comitiva logo após os disparos, segurando a orelha direita, que parecia estar sangrando. Segundo porta-voz do ex-presidente, Trump “está sendo examinado e está bem”, mas sem fornecer mais detalhes.

No momento dos disparos, que puderam ser ouvidos durante a transmissão ao vivo do evento, Trump interrompeu o discurso e se abaixou rapidamente, levando as mãos ao rosto, enquanto a multidão gritava.

Logo em seguida, as autoridades presentes instruíram o público a se abaixar e a se cobrir, enquanto a imprensa se retirava do palanque onde Trump discursava. Após uma breve pausa, o republicano se levantou, cercado por agentes e com a orelha sangrando, ergueu o punho para a multidão e foi levado às pressas para sua comitiva, que deixou rapidamente o local.

Segundo o jornal americano New York Times, os senadores Marco Rubio e J.D. Vance, junto com o governador Doug Burgum, da Dakota do Norte, que são os nomes mais cotados para o papel de vice de Trump, expressaram orações pelo magnata e pelos participantes do comício nas redes sociais. 🇺🇸
  • Se até a Iza é traída, quem dirá nós 😰

Siga @sudoeste_ms para ver mais! 📌 

(Reprodução: @/iza)
  • Que confusão!😂 🐀 Um rato resolveu fazer uma visita surpresa na casa da estudante de veterinária Nathalye Marques e a confusão foi garantida! 

Nas redes sociais, ela compartilhou a épica tentativa do marido e dos cachorros de capturarem o intruso que invadiu o banheiro.”Utilizamos nossa melhor arma: a Julie”, brincou Nathalye sobre a cachorrinha da família. Quem aí já passou por esse perrengue?

Reprodução: nathyymgonzaga / TKT
  • Em reunião com o  presidente do Partido Liberal (PL) de Mato Grosso do Sul @tenente.portela e o ex-presidente do Brasil, @jairmessiasbolsonaro Rodrigo Basso tem total apoio do partido para seguir sua pré-candidatura à Prefeitura Municipal de Sidrolândia.

Portela autoriza @rodrigobassosidrolandia a fazer alianças que forem necessárias para o pleito eleitoral.
  • A senadora Soraya Thronicke (Podemos) assumirá a liderança da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso Federal. A troca está prevista para o segundo semestre deste ano, após as eleições. Até lá o deputado federal Vander Loubet (PT) segue como coordenador dos deputados federais e senadores sul-mato-grossense.

“Thronicke que estava em agenda no interio do Estado na cidade de Coxim no PROSPERA MS, explicou que o Vander ainda irá acompanhar a destinação das emendas deste ano e ela assume a articulação para o ano que vem.” “Vamos trabalhar para garantir uma emenda volumosa para Mato Grosso do Sul. É muita responsabilidade”, afirmou. A senadora espera repassar R$ 800 milhões para o Estado.

A senadora ainda afirmou que irá acompanhar os projetos e garantiu uma relação saudável com os colegas. “Vou respeitar a decisão da bancada”, completou.

O Estado tem oito deputados federais. Além de Vander, representam MS os deputados Beto Pereira (PSDB), Camila Jara (PT), Dagoberto Nogueira (PSDB), Geraldo Resende (PSDB), Dr. Luiz Ovando (PP), Marcos Pollon (PL) e Rodolfo Nogueira (PL). No Senado, além de Soraya, Mato Grosso do Sul tem Nelsinho Trad (PSD) e Tereza Cristina (PP).

Saiba mais www.sudoestems.com.br
Kamala Harris é a nova candidata democrata nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Siga @sudoeste_ms para ver mais!

(Reprodução: @joebiden )
Kamala Harris é a nova candidata democrata nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Siga @sudoeste_ms para ver mais!

(Reprodução: @joebiden )
Kamala Harris é a nova candidata democrata nas eleições presidenciais dos Estados Unidos. Siga @sudoeste_ms para ver mais! (Reprodução: @joebiden )
3 dias ago
View on Instagram |
1/9
A prefeita Adriane Lopes (PP) vem fazendo um rumoroso carnaval fora de época para proclamar a maior obra de sua gestão: a construção de um hospital por uma empresa privada, que vai alugá-lo ao Município por até R$ 5,1 milhões mensais durante 20 anos. Neste período, a construtora investirá R$ 842,1 milhões e abocanhará um lucro de R$ 392,015 milhões.

Trata-se de um delírio, se a realidade dos fatos for levada em conta. No início deste mês, por absoluta falta de competência e de zelo de Adriane, o Ministério da Saúde tirou da prefeitura de Campo Grande a gestão plena do Hospital Regional e a transferiu para o governo estadual. Com esta medida, a caótica situação da saúde vai piorar, já que os cofres da municipalidade vão perder R$ 4,8 milhões de repasses a cada mês, o que representa, em um ano, R$ 57,6 milhões.

Saiba mais www.sudoestems.com.br
A prefeita Adriane Lopes (PP) vem fazendo um rumoroso carnaval fora de época para proclamar a maior obra de sua gestão: a construção de um hospital por uma empresa privada, que vai alugá-lo ao Município por até R$ 5,1 milhões mensais durante 20 anos. Neste período, a construtora investirá R$ 842,1 milhões e abocanhará um lucro de R$ 392,015 milhões. Trata-se de um delírio, se a realidade dos fatos for levada em conta. No início deste mês, por absoluta falta de competência e de zelo de Adriane, o Ministério da Saúde tirou da prefeitura de Campo Grande a gestão plena do Hospital Regional e a transferiu para o governo estadual. Com esta medida, a caótica situação da saúde vai piorar, já que os cofres da municipalidade vão perder R$ 4,8 milhões de repasses a cada mês, o que representa, em um ano, R$ 57,6 milhões. Saiba mais www.sudoestems.com.br
1 semana ago
View on Instagram |
2/9
Jair Bolsonaro se ofereceu para conversar com chefe da Receita Federal sobre investigação de Flávio Bolsonaro. “A gente nunca sabe se alguém está gravando alguma coisa. Não estamos procurando favorecimento de ninguém”, afirmou o então Presidente da República que, de fato, era gravado clandestinamente por Alexandre Ramagem. 📹 Reprodução
1 semana ago
View on Instagram |
3/9
Incêndio de grandes proporções destrói o Shopping Popular; vídeos e fotos impressionam Um incêndio de grandes proporções destruiu o Shopping Popular, que fica localizado no bairro Dom Aquino, em Cuiabá, na madrugada desta segunda-feira (15), em Cuiabá. Militares do Corpo de Bombeiros estão no local para tentar conter as chamas. Informações preliminares apontam que grande parte da estrutura desabou. Não há informações feridos. 📹OLHARDIRETO #shoppingpopular #incendio #bombeiros #cuiaba #olhardireto #fogo
1 semana ago
View on Instagram |
4/9
O ex-presidente Donald Trump foi retirado às pressas do palco por agentes do Serviço Secreto durante um comício eleitoral em Butler, na Pensilvânia, após vários sons que pareciam tiros. O republicano foi cercado pelos agentes e escoltado para um carro de sua comitiva logo após os disparos, segurando a orelha direita, que parecia estar sangrando. Segundo porta-voz do ex-presidente, Trump “está sendo examinado e está bem”, mas sem fornecer mais detalhes. No momento dos disparos, que puderam ser ouvidos durante a transmissão ao vivo do evento, Trump interrompeu o discurso e se abaixou rapidamente, levando as mãos ao rosto, enquanto a multidão gritava. Logo em seguida, as autoridades presentes instruíram o público a se abaixar e a se cobrir, enquanto a imprensa se retirava do palanque onde Trump discursava. Após uma breve pausa, o republicano se levantou, cercado por agentes e com a orelha sangrando, ergueu o punho para a multidão e foi levado às pressas para sua comitiva, que deixou rapidamente o local. Segundo o jornal americano New York Times, os senadores Marco Rubio e J.D. Vance, junto com o governador Doug Burgum, da Dakota do Norte, que são os nomes mais cotados para o papel de vice de Trump, expressaram orações pelo magnata e pelos participantes do comício nas redes sociais. 🇺🇸
2 semanas ago
View on Instagram |
5/9
Se até a Iza é traída, quem dirá nós 😰

Siga @sudoeste_ms para ver mais! 📌 

(Reprodução: @/iza)
Se até a Iza é traída, quem dirá nós 😰 Siga @sudoeste_ms para ver mais! 📌 (Reprodução: @/iza)
2 semanas ago
View on Instagram |
6/9
Que confusão!😂 🐀 Um rato resolveu fazer uma visita surpresa na casa da estudante de veterinária Nathalye Marques e a confusão foi garantida! Nas redes sociais, ela compartilhou a épica tentativa do marido e dos cachorros de capturarem o intruso que invadiu o banheiro.”Utilizamos nossa melhor arma: a Julie”, brincou Nathalye sobre a cachorrinha da família. Quem aí já passou por esse perrengue? Reprodução: nathyymgonzaga / TKT
2 semanas ago
View on Instagram |
7/9
Em reunião com o presidente do Partido Liberal (PL) de Mato Grosso do Sul @tenente.portela e o ex-presidente do Brasil, @jairmessiasbolsonaro Rodrigo Basso tem total apoio do partido para seguir sua pré-candidatura à Prefeitura Municipal de Sidrolândia. Portela autoriza @rodrigobassosidrolandia a fazer alianças que forem necessárias para o pleito eleitoral.
2 semanas ago
View on Instagram |
8/9
A senadora Soraya Thronicke (Podemos) assumirá a liderança da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso Federal. A troca está prevista para o segundo semestre deste ano, após as eleições. Até lá o deputado federal Vander Loubet (PT) segue como coordenador dos deputados federais e senadores sul-mato-grossense.

“Thronicke que estava em agenda no interio do Estado na cidade de Coxim no PROSPERA MS, explicou que o Vander ainda irá acompanhar a destinação das emendas deste ano e ela assume a articulação para o ano que vem.” “Vamos trabalhar para garantir uma emenda volumosa para Mato Grosso do Sul. É muita responsabilidade”, afirmou. A senadora espera repassar R$ 800 milhões para o Estado.

A senadora ainda afirmou que irá acompanhar os projetos e garantiu uma relação saudável com os colegas. “Vou respeitar a decisão da bancada”, completou.

O Estado tem oito deputados federais. Além de Vander, representam MS os deputados Beto Pereira (PSDB), Camila Jara (PT), Dagoberto Nogueira (PSDB), Geraldo Resende (PSDB), Dr. Luiz Ovando (PP), Marcos Pollon (PL) e Rodolfo Nogueira (PL). No Senado, além de Soraya, Mato Grosso do Sul tem Nelsinho Trad (PSD) e Tereza Cristina (PP).

Saiba mais www.sudoestems.com.br
A senadora Soraya Thronicke (Podemos) assumirá a liderança da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso Federal. A troca está prevista para o segundo semestre deste ano, após as eleições. Até lá o deputado federal Vander Loubet (PT) segue como coordenador dos deputados federais e senadores sul-mato-grossense. “Thronicke que estava em agenda no interio do Estado na cidade de Coxim no PROSPERA MS, explicou que o Vander ainda irá acompanhar a destinação das emendas deste ano e ela assume a articulação para o ano que vem.” “Vamos trabalhar para garantir uma emenda volumosa para Mato Grosso do Sul. É muita responsabilidade”, afirmou. A senadora espera repassar R$ 800 milhões para o Estado. A senadora ainda afirmou que irá acompanhar os projetos e garantiu uma relação saudável com os colegas. “Vou respeitar a decisão da bancada”, completou. O Estado tem oito deputados federais. Além de Vander, representam MS os deputados Beto Pereira (PSDB), Camila Jara (PT), Dagoberto Nogueira (PSDB), Geraldo Resende (PSDB), Dr. Luiz Ovando (PP), Marcos Pollon (PL) e Rodolfo Nogueira (PL). No Senado, além de Soraya, Mato Grosso do Sul tem Nelsinho Trad (PSD) e Tereza Cristina (PP). Saiba mais www.sudoestems.com.br
2 semanas ago
View on Instagram |
9/9

Matérias Relacionadas