VOGAIS FM
  • Vogais FM

Enquanto faz projetos com rivais, WTorre vive casamento conturbado com Palmeiras

Existe um ditado muito popular no Brasil, segundo o qual “a grama do vizinho é sempre mais verde”. Essa expressão serve bem para a ilustrar o conturbado casamento entre a construtora WTorre e o Palmeiras.

Essa relação iniciou-se em 2010, quando a empreiteira lançou projeto que visava remodelar e modernizar por completo o antigo Estádio Palestra Itália, conhecido popularmente por Parque Antarctica.

Depois de concluída a obra, em 2014, as duas partes viveram um período de lua de mel, seja porque a nova arena tornou-se sucesso de público e crítica, não só com os jogos de futebol, mas também atraindo grandes shows internacionais; seja porque, paralelamente a isso, o Palmeiras engataria, quase na mesma época (sobretudo a partir de 2016), uma sequência vitoriosa que permanece até os dias atuais.

Depois da chegada de Leila Pereira à presidência do clube, a relação do alviverde com a WTorre começou a se deteriorar. Nos últimos meses, a crise desse casamento chegou próxima ao rompimento, com direito a “lavagem de roupa suja” nos grandes meios de comunicação, trocas de acusações e até polícia e processos judiciais.

A Real Arenas, empresa pertencente à WTorre e responsável pela gestão do Allianz Parque, é alvo de uma série de críticas e acusações feitas por Leila Pereira. A mais recente evidenciou-se no último domingo (28), após o clássico contra o Santos, válido pelo Paulistão da Série A1.

O gramado do estádio palmeirense foi criticado não apenas pela equipe adversária, mas também pelo próprio treinador Abel Ferreira. Ao fim da partida, o Palmeiras divulgou nota alegando que haveria descaso da “superficiária (Real Arenas) com a qualidade do campo, que exige melhorias urgentes”.

O clube ainda deu ultimato, afirmando que não mais mandaria seus jogos no Allianz Parque, enquanto o problema não fosse resolvido. E ameaçou solicitar a interdição do estádio às autoridades competentes. Nesta segunda-feira (29), a WTorre anunciou que providenciaria a troca do gramado.

A grama, a bem da verdade, está longe de ser o maior problema nesse conturbado matrimônio, que tem como pano de fundo uma disputa milionária. Um fator que ajuda a apimentar essa disputa conjugal é que, nos últimos tempos, a WTorre resolveu ampliar suas parcerias no meio do futebol, passando a firmar acordos com Santos e São Paulo, arquirrivais do Palmeiras, com o objetivo de também remodelar e modernizar os estádios desses clubes.

Disputa de milhões

Se até mesmo os casamentos baseados no mais sólido e verdadeiro amor tendem a sucumbir diante dos problemas financeiros, não poderíamos esperar desfecho diferente em uma relação como esta entre WTorre e Palmeiras, fundamentada em interesses exclusivamente comerciais, de ambas as partes.

A real causa da desavença diz respeito aos repasses que a Real Arenas deveria fazer ao clube, com base na receita que a gestora arrecada com o Allianz Parque. O Palmeiras alega só ter recebido a parte que lhe era devida nos primeiros sete meses depois que o estádio foi inaugurado.

A partir de então, não mais teria visto a cor desse dinheiro. Em maio do ano passado, o Palmeiras registrou Boletim de Ocorrência (BO) na 23ª Delegacia de Polícia de São Paulo, acusando a Real Arenas de cometer apropriação indébita e associação criminosa.

O alviverde também ingressou com uma ação na 29ª Vara Cível da Comarca de São Paulo, cobrando o pagamento da dívida, que, na época, estaria em R$ 128 milhões. Segundo o Palmeiras, a empresa desrespeitou “reiterada e insistentemente, de forma unilateral, o contrato firmado entre as partes, causando enorme prejuízo financeiro ao clube”.

Ao se pronunciar sobre essa situação, a empresa optou por centrar seus ataques em Leila Pereira. “A dirigente tem desrespeitado de forma reiterada as decisões do Tribunal de Arbitragem, que tramita sob sigilo, e tenta atingir de forma injustificável a reputação da empresa parceira da SEP [sigla de Sociedade Esportiva Palmeiras]. Esse novo e despropositado ataque não condiz com a gestão séria da Real Arenas, que investiu na construção do Allianz Parque, reconhecida como melhor arena da América Latina”, declarou a gestora do estádio.

Idas e vindas na Justiça

Inicialmente taxada pela Real Arenas como uma possível “informação falsa” divulgada pela presidente do Palmeiras, a cobrança judicial feita pelo clube acabou por trazer certa dor de cabeça à WTorre no ano passado.

Em agosto de 2023, na ação de execução movida pelo clube, a empresa foi inicialmente obrigada a dar garantias de que dispunha dos R$ 128 milhões para saldar a dívida reclamada pelo alviverde.

Dias depois, porém, a WTorre conseguiu suspender a exigência. Um dos argumentos utilizados pela sua defesa e acatada pela Justiça foi de que, para apresentar as garantia exigidas pelo Palmeiras, a empresa necessitaria se socorrer de recuperação judicial.

A concessionária também alegou que os dois lados possuem créditos e débitos a serem saldados. Por fim, afirmou que o contrato de gestão do Allianz Parque prevê que todas as disputas entre as partes devem ser resolvidas por Tribunal de Arbitragem. O último deles havia sido instaurado em julho do ano passado.

Novos parceiros

Apesar da polêmica milionária com a presidente do Palmeiras, a WTorre segue com sua estratégia de ampliar parcerias no universo do futebol. No ano passado, a empresa firmou acordo com o Santos, para o projeto de construção da Nova Vila Belmiro, projeto orçado em R$ 450 milhões e que deverá ampliar a capacidade do estádio para 30 mil torcedores em partidas de futebol e 40 mil em shows.

O memorando de intenções foi assinado na gestão do ex-presidente Andres Rueda, que deixou o cargo no fim do ano, sendo substituído por Marcelo Teixeira.

Conforme noticiou a Máquina do Esporte na época em que a parceria foi firmada, Rueda admitiu que a disputa financeira entre WTorre e Palmeiras fez acender um sinal de alerta e afirmou que estudava medidas para evitar inadimplência, como reduzir o prazo do contrato (que, inicialmente, teria 30 anos de duração), em caso de a gestora não efetuar em dia o pagamento de parcelas.

Para a próxima semana, está prevista a realização de uma reunião entre Marcelo Teixeira e representantes da WTorre, com objetivo de resolver divergências contratuais relativas ao memorando de intenções.

Mas a WTorre não quis se manter restrita ao território paulista. Ainda no ano passado, uniu-se à 777 Partners, dona de 70% da sociedade anônima do futebol (SAF) do Vasco, e à Legends em um consórcio que visa assumir a gestão do Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pelo prazo de 20 anos.

Ainda não existe uma data estipulada para a divulgação do resultado dessa licitação, que tem como concorrentes, ainda, a Arena 360, administradora do Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), e o consórcio formado por Flamengo e Fluminense.

Por fim, antes da virada do ano, a WTorre assinou com o São Paulo um contrato de exclusividade para que a empresa monte o projeto de revitalização e ampliação do MorumBis.

Pelo acordo, a obra seria concluída em 2030, ano do centenário do clube, com o estádio passando a contar com capacidade para 85 mil torcedores em dias de jogos e 100 mil pessoas em shows.

Leila não esconde a mágoa

A Máquina do Esporte procurou a assessoria da WTorre, ao longo desta segunda-feira, mas não obteve retorno. O Palmeiras também não respondeu às tentativas de contato.

Em entrevista concedida a jornalistas mulheres, na semana retrasada, Leila Pereira comentou a respeito das desavenças com a empresa.

Inicialmente, alegou que não poderia detalhar valores, por conta da cláusula de confidencialidade existente no contrato. Mas afirmou que seria uma receita importante para o clube e que o Palmeiras “não recebe um centavo dessa concessão”.

Sem esconder sua mágoa para com a WTorre, a dirigente aproveitou para alfinetar as recentes investidas feitas pela empresa, buscando obter as concessões de novos estádios.

“A imprensa poderia ficar atenta a isso. É uma empresa que está fechando com São Paulo, Maracanã, Santos e não paga um centavo para o Palmeiras. E não podemos abrir o que realmente acontece por causa da cláusula de confidencialidade”, afirmou.

Fonte

Compartilhe:
Facebook
WhatsApp
Twitter
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias
Enquete

Qual sua opinião do Governo Lula?

  • Kamala Harris é a nova candidata democrata nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Siga @sudoeste_ms para ver mais!

(Reprodução: @joebiden )
  • A prefeita Adriane Lopes (PP) vem fazendo um rumoroso carnaval fora de época para proclamar a maior obra de sua gestão: a construção de um hospital por uma empresa privada, que vai alugá-lo ao Município por até R$ 5,1 milhões mensais durante 20 anos. Neste período, a construtora investirá R$ 842,1 milhões e abocanhará um lucro de R$ 392,015 milhões.

Trata-se de um delírio, se a realidade dos fatos for levada em conta. No início deste mês, por absoluta falta de competência e de zelo de Adriane, o Ministério da Saúde tirou da prefeitura de Campo Grande a gestão plena do Hospital Regional e a transferiu para o governo estadual. Com esta medida, a caótica situação da saúde vai piorar, já que os cofres da municipalidade vão perder R$ 4,8 milhões de repasses a cada mês, o que representa, em um ano, R$ 57,6 milhões.

Saiba mais www.sudoestems.com.br
  • Jair Bolsonaro se ofereceu para conversar com chefe da Receita Federal sobre investigação de Flávio Bolsonaro.

“A gente nunca sabe se alguém está gravando alguma coisa. Não estamos procurando favorecimento de ninguém”, afirmou o então Presidente da República que, de fato, era gravado clandestinamente por Alexandre Ramagem.

📹 Reprodução
  • Incêndio de grandes proporções destrói o Shopping Popular; vídeos e fotos impressionam

Um incêndio de grandes proporções destruiu o Shopping Popular, que fica localizado no bairro Dom Aquino, em Cuiabá, na madrugada desta segunda-feira (15), em Cuiabá. Militares do Corpo de Bombeiros estão no local para tentar conter as chamas. Informações preliminares apontam que grande parte da estrutura desabou. Não há informações feridos. 

📹OLHARDIRETO

#shoppingpopular #incendio #bombeiros #cuiaba #olhardireto #fogo
  • O ex-presidente Donald Trump foi retirado às pressas do palco por agentes do Serviço Secreto durante um comício eleitoral em Butler, na Pensilvânia, após vários sons que pareciam tiros. O republicano foi cercado pelos agentes e escoltado para um carro de sua comitiva logo após os disparos, segurando a orelha direita, que parecia estar sangrando. Segundo porta-voz do ex-presidente, Trump “está sendo examinado e está bem”, mas sem fornecer mais detalhes.

No momento dos disparos, que puderam ser ouvidos durante a transmissão ao vivo do evento, Trump interrompeu o discurso e se abaixou rapidamente, levando as mãos ao rosto, enquanto a multidão gritava.

Logo em seguida, as autoridades presentes instruíram o público a se abaixar e a se cobrir, enquanto a imprensa se retirava do palanque onde Trump discursava. Após uma breve pausa, o republicano se levantou, cercado por agentes e com a orelha sangrando, ergueu o punho para a multidão e foi levado às pressas para sua comitiva, que deixou rapidamente o local.

Segundo o jornal americano New York Times, os senadores Marco Rubio e J.D. Vance, junto com o governador Doug Burgum, da Dakota do Norte, que são os nomes mais cotados para o papel de vice de Trump, expressaram orações pelo magnata e pelos participantes do comício nas redes sociais. 🇺🇸
  • Se até a Iza é traída, quem dirá nós 😰

Siga @sudoeste_ms para ver mais! 📌 

(Reprodução: @/iza)
  • Que confusão!😂 🐀 Um rato resolveu fazer uma visita surpresa na casa da estudante de veterinária Nathalye Marques e a confusão foi garantida! 

Nas redes sociais, ela compartilhou a épica tentativa do marido e dos cachorros de capturarem o intruso que invadiu o banheiro.”Utilizamos nossa melhor arma: a Julie”, brincou Nathalye sobre a cachorrinha da família. Quem aí já passou por esse perrengue?

Reprodução: nathyymgonzaga / TKT
  • Em reunião com o  presidente do Partido Liberal (PL) de Mato Grosso do Sul @tenente.portela e o ex-presidente do Brasil, @jairmessiasbolsonaro Rodrigo Basso tem total apoio do partido para seguir sua pré-candidatura à Prefeitura Municipal de Sidrolândia.

Portela autoriza @rodrigobassosidrolandia a fazer alianças que forem necessárias para o pleito eleitoral.
  • A senadora Soraya Thronicke (Podemos) assumirá a liderança da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso Federal. A troca está prevista para o segundo semestre deste ano, após as eleições. Até lá o deputado federal Vander Loubet (PT) segue como coordenador dos deputados federais e senadores sul-mato-grossense.

“Thronicke que estava em agenda no interio do Estado na cidade de Coxim no PROSPERA MS, explicou que o Vander ainda irá acompanhar a destinação das emendas deste ano e ela assume a articulação para o ano que vem.” “Vamos trabalhar para garantir uma emenda volumosa para Mato Grosso do Sul. É muita responsabilidade”, afirmou. A senadora espera repassar R$ 800 milhões para o Estado.

A senadora ainda afirmou que irá acompanhar os projetos e garantiu uma relação saudável com os colegas. “Vou respeitar a decisão da bancada”, completou.

O Estado tem oito deputados federais. Além de Vander, representam MS os deputados Beto Pereira (PSDB), Camila Jara (PT), Dagoberto Nogueira (PSDB), Geraldo Resende (PSDB), Dr. Luiz Ovando (PP), Marcos Pollon (PL) e Rodolfo Nogueira (PL). No Senado, além de Soraya, Mato Grosso do Sul tem Nelsinho Trad (PSD) e Tereza Cristina (PP).

Saiba mais www.sudoestems.com.br
Kamala Harris é a nova candidata democrata nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Siga @sudoeste_ms para ver mais!

(Reprodução: @joebiden )
Kamala Harris é a nova candidata democrata nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Siga @sudoeste_ms para ver mais!

(Reprodução: @joebiden )
Kamala Harris é a nova candidata democrata nas eleições presidenciais dos Estados Unidos. Siga @sudoeste_ms para ver mais! (Reprodução: @joebiden )
3 dias ago
View on Instagram |
1/9
A prefeita Adriane Lopes (PP) vem fazendo um rumoroso carnaval fora de época para proclamar a maior obra de sua gestão: a construção de um hospital por uma empresa privada, que vai alugá-lo ao Município por até R$ 5,1 milhões mensais durante 20 anos. Neste período, a construtora investirá R$ 842,1 milhões e abocanhará um lucro de R$ 392,015 milhões.

Trata-se de um delírio, se a realidade dos fatos for levada em conta. No início deste mês, por absoluta falta de competência e de zelo de Adriane, o Ministério da Saúde tirou da prefeitura de Campo Grande a gestão plena do Hospital Regional e a transferiu para o governo estadual. Com esta medida, a caótica situação da saúde vai piorar, já que os cofres da municipalidade vão perder R$ 4,8 milhões de repasses a cada mês, o que representa, em um ano, R$ 57,6 milhões.

Saiba mais www.sudoestems.com.br
A prefeita Adriane Lopes (PP) vem fazendo um rumoroso carnaval fora de época para proclamar a maior obra de sua gestão: a construção de um hospital por uma empresa privada, que vai alugá-lo ao Município por até R$ 5,1 milhões mensais durante 20 anos. Neste período, a construtora investirá R$ 842,1 milhões e abocanhará um lucro de R$ 392,015 milhões. Trata-se de um delírio, se a realidade dos fatos for levada em conta. No início deste mês, por absoluta falta de competência e de zelo de Adriane, o Ministério da Saúde tirou da prefeitura de Campo Grande a gestão plena do Hospital Regional e a transferiu para o governo estadual. Com esta medida, a caótica situação da saúde vai piorar, já que os cofres da municipalidade vão perder R$ 4,8 milhões de repasses a cada mês, o que representa, em um ano, R$ 57,6 milhões. Saiba mais www.sudoestems.com.br
1 semana ago
View on Instagram |
2/9
Jair Bolsonaro se ofereceu para conversar com chefe da Receita Federal sobre investigação de Flávio Bolsonaro. “A gente nunca sabe se alguém está gravando alguma coisa. Não estamos procurando favorecimento de ninguém”, afirmou o então Presidente da República que, de fato, era gravado clandestinamente por Alexandre Ramagem. 📹 Reprodução
1 semana ago
View on Instagram |
3/9
Incêndio de grandes proporções destrói o Shopping Popular; vídeos e fotos impressionam Um incêndio de grandes proporções destruiu o Shopping Popular, que fica localizado no bairro Dom Aquino, em Cuiabá, na madrugada desta segunda-feira (15), em Cuiabá. Militares do Corpo de Bombeiros estão no local para tentar conter as chamas. Informações preliminares apontam que grande parte da estrutura desabou. Não há informações feridos. 📹OLHARDIRETO #shoppingpopular #incendio #bombeiros #cuiaba #olhardireto #fogo
1 semana ago
View on Instagram |
4/9
O ex-presidente Donald Trump foi retirado às pressas do palco por agentes do Serviço Secreto durante um comício eleitoral em Butler, na Pensilvânia, após vários sons que pareciam tiros. O republicano foi cercado pelos agentes e escoltado para um carro de sua comitiva logo após os disparos, segurando a orelha direita, que parecia estar sangrando. Segundo porta-voz do ex-presidente, Trump “está sendo examinado e está bem”, mas sem fornecer mais detalhes. No momento dos disparos, que puderam ser ouvidos durante a transmissão ao vivo do evento, Trump interrompeu o discurso e se abaixou rapidamente, levando as mãos ao rosto, enquanto a multidão gritava. Logo em seguida, as autoridades presentes instruíram o público a se abaixar e a se cobrir, enquanto a imprensa se retirava do palanque onde Trump discursava. Após uma breve pausa, o republicano se levantou, cercado por agentes e com a orelha sangrando, ergueu o punho para a multidão e foi levado às pressas para sua comitiva, que deixou rapidamente o local. Segundo o jornal americano New York Times, os senadores Marco Rubio e J.D. Vance, junto com o governador Doug Burgum, da Dakota do Norte, que são os nomes mais cotados para o papel de vice de Trump, expressaram orações pelo magnata e pelos participantes do comício nas redes sociais. 🇺🇸
2 semanas ago
View on Instagram |
5/9
Se até a Iza é traída, quem dirá nós 😰

Siga @sudoeste_ms para ver mais! 📌 

(Reprodução: @/iza)
Se até a Iza é traída, quem dirá nós 😰 Siga @sudoeste_ms para ver mais! 📌 (Reprodução: @/iza)
2 semanas ago
View on Instagram |
6/9
Que confusão!😂 🐀 Um rato resolveu fazer uma visita surpresa na casa da estudante de veterinária Nathalye Marques e a confusão foi garantida! Nas redes sociais, ela compartilhou a épica tentativa do marido e dos cachorros de capturarem o intruso que invadiu o banheiro.”Utilizamos nossa melhor arma: a Julie”, brincou Nathalye sobre a cachorrinha da família. Quem aí já passou por esse perrengue? Reprodução: nathyymgonzaga / TKT
2 semanas ago
View on Instagram |
7/9
Em reunião com o presidente do Partido Liberal (PL) de Mato Grosso do Sul @tenente.portela e o ex-presidente do Brasil, @jairmessiasbolsonaro Rodrigo Basso tem total apoio do partido para seguir sua pré-candidatura à Prefeitura Municipal de Sidrolândia. Portela autoriza @rodrigobassosidrolandia a fazer alianças que forem necessárias para o pleito eleitoral.
2 semanas ago
View on Instagram |
8/9
A senadora Soraya Thronicke (Podemos) assumirá a liderança da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso Federal. A troca está prevista para o segundo semestre deste ano, após as eleições. Até lá o deputado federal Vander Loubet (PT) segue como coordenador dos deputados federais e senadores sul-mato-grossense.

“Thronicke que estava em agenda no interio do Estado na cidade de Coxim no PROSPERA MS, explicou que o Vander ainda irá acompanhar a destinação das emendas deste ano e ela assume a articulação para o ano que vem.” “Vamos trabalhar para garantir uma emenda volumosa para Mato Grosso do Sul. É muita responsabilidade”, afirmou. A senadora espera repassar R$ 800 milhões para o Estado.

A senadora ainda afirmou que irá acompanhar os projetos e garantiu uma relação saudável com os colegas. “Vou respeitar a decisão da bancada”, completou.

O Estado tem oito deputados federais. Além de Vander, representam MS os deputados Beto Pereira (PSDB), Camila Jara (PT), Dagoberto Nogueira (PSDB), Geraldo Resende (PSDB), Dr. Luiz Ovando (PP), Marcos Pollon (PL) e Rodolfo Nogueira (PL). No Senado, além de Soraya, Mato Grosso do Sul tem Nelsinho Trad (PSD) e Tereza Cristina (PP).

Saiba mais www.sudoestems.com.br
A senadora Soraya Thronicke (Podemos) assumirá a liderança da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso Federal. A troca está prevista para o segundo semestre deste ano, após as eleições. Até lá o deputado federal Vander Loubet (PT) segue como coordenador dos deputados federais e senadores sul-mato-grossense. “Thronicke que estava em agenda no interio do Estado na cidade de Coxim no PROSPERA MS, explicou que o Vander ainda irá acompanhar a destinação das emendas deste ano e ela assume a articulação para o ano que vem.” “Vamos trabalhar para garantir uma emenda volumosa para Mato Grosso do Sul. É muita responsabilidade”, afirmou. A senadora espera repassar R$ 800 milhões para o Estado. A senadora ainda afirmou que irá acompanhar os projetos e garantiu uma relação saudável com os colegas. “Vou respeitar a decisão da bancada”, completou. O Estado tem oito deputados federais. Além de Vander, representam MS os deputados Beto Pereira (PSDB), Camila Jara (PT), Dagoberto Nogueira (PSDB), Geraldo Resende (PSDB), Dr. Luiz Ovando (PP), Marcos Pollon (PL) e Rodolfo Nogueira (PL). No Senado, além de Soraya, Mato Grosso do Sul tem Nelsinho Trad (PSD) e Tereza Cristina (PP). Saiba mais www.sudoestems.com.br
2 semanas ago
View on Instagram |
9/9

Matérias Relacionadas