VOGAIS FM
  • Vogais FM

Em entrevista para a rádio Capital FM, Tony Ueno detalha pesquisa para a Prefeitura de Campo Grande

Ao participar nesta segunda-feira (05/02) do Programa Tribuna Livre, da Rádio Capital FM, o cientista político Antonio Ueno, diretor-presidente do Grupo Ranking, detalhou a 1ª pesquisa registrada realizada pelo Instituto Ranking Brasil Inteligência neste ano que traçou as preferências dos eleitores para a Prefeitura Municipal de Campo Grande nas eleições municipais de outubro.

Ele ressaltou que Campo Grande é uma das capitais brasileira que mais tem mulheres e, portanto, os pré-candidatos terão de apresentar propostas com mais políticas públicas para o sexo feminino. “Se a prefeita Adriane Lopes (PP) for reeleita ou tivermos outro vitorioso, ele ou ela precisarão ter um olhar diferenciado para essa realidade”, aconselhou.

Tony Ueno também informou que a pesquisa apontou que cresceu o número de pessoas idosas. “Então se a prefeita for continuar ou o próximo prefeito tem que investir muito em políticas públicas para as pessoas idosas aqui na nossa Capital”, reforçou, citando que Campo Grande também é uma das cidades que têm menos analfabetos e está vivendo o pleno emprego.

“Menos de 3% das pessoas na cidade estão desempregadas. Hoje você vai aos supermercados e às empresas, principalmente as prestadoras de serviços, como os postos de combustíveis, e há placas de vagas. Isso é uma alegria muito grande para nós, pois sabemos que o trabalhador precisa de renda para ajudar a movimentar a economia e conseguir sustentar a sua família”, pontuou.

O cientista político ainda revelou que o percentual de evangélicos e de sem religião cresceu na Capital. “Isso impacta diretamente nas eleições, pois a maioria desse contingente é da direita, da extrema direita ou centro-direita. Então, os candidatos nesses nichos eleitorais vão levar uma grande vantagem em relação aos outros candidatos”, analisou.

No caso do legislativo, o diretor do Grupo Ranking disse que essas igrejas evangélicas terão o poder de eleger vereadores. “A prefeita Adriane Lopes saiu de uma igreja evangélica e muitos vereadores também, portanto, a comunidade evangélica participa mais diretamente das eleições, principalmente das municipais”, revelou.

A respeito da direita em Campo Grande, Tony Ueno explicou que ela não está unida. “O PL está totalmente fragmentado, pois nós temos o Gordinho do Presidente (deputado federal Rodolfo Nogueira) de um lado, o Coronel David (deputado estadual) de outro e o próprio Marcos Pollon (deputado federal) distante de ambos, ou seja, é cada um navegando para um lado”, exemplificou.

O cientista político disse que a exceção é o PP da senadora Tereza Cristina. “Graças a ela, o PP está fechado com a prefeita Adriane Lopes e a senadora tem feito de tudo para viabilizar a campanha de reeleição da chefe do Executivo municipal. Então, a direita encabeçada pelo PP está unida e isso pode fazer com que o partido faça a maioria dos vereadores, tanto em Campo Grande, quanto nas cidades do interior do Estado”, projetou.

Sobre a avaliação da prefeita Adriane Lopes e do governador Eduardo Riedel (PSDB), o diretor do Grupo Ranking disse que ambos estão bem avaliados, assim como a Câmara Municipal da Capital. “No caso da Casa de Leis, o Carlão, o Silvio Pitu, o Professor Juary e o Professor Riverton estão muito bem”, assegurou.

Intenções de votos

Com relação à pesquisa registrada para a Prefeitura de Campo Grande, Tony Ueno disse que o ex-governador André Puccinelli (MDB) caiu um pouco em relação ao levantamento anterior, enquanto a ex-deputada federal Rose Modesto (União Brasil) vem crescendo. “Já a Adriane vem se consolidando cada vez mais porque vem fazendo um trabalho constante, visitando as comunidades e procurando resolver os problemas do município”, argumentou.

Ele projetou que o(a) candidato(a) que fizer 22% dos votos vai estar no segundo turno, pois dificilmente alguém vencerá essa disputa em apenas um turno. “Com relação ao Beto Pereira (PSDB), eu acredito que ele deve compor com Lucas de Lima (PDT) e com o Pedrossian Neto (PSD) para fortalecer a sua candidatura”, analisou.

A respeito da situação de André, o cientista político disse que a candidatura dele ainda é uma incógnita e, por isso, fez um cenário na pesquisa estimulada sem o ex-governador. “Se ele não sair candidato, a maioria dos votos dele deve migrar Rose e para a Adriane, enquanto o restante vai ser pulverizado, então, os menos beneficiados com a desistência do André, hoje, são Lucas de Lima, Beto Pereira e Pedrossian Neto”, revelou.

O diretor do Grupo Ranking também projetou que Rose Modesto se beneficiaria da desistência de André, ficando muito mais forte. “Agora, se ela também não for candidata, 60% dos votos dela vão para a prefeita”, estimou, lembrando que o eleitor de Campo Grande é um dos mais inteligentes do Brasil e que participa ativamente das eleições.

Sobre a rejeição, Tony Ueno disse que o líder é André Puccinelli, com 25%, seguido por Capitão Contar (PRTB), com 19%. “Essa rejeição do Contar se deve sim muito à participação dele no debate do segundo turno, quando ficou demonstrado que ele tinha pouco conhecimento de uma forma geral. Então, eu sempre digo que quem passa de 15% de rejeição, em uma eleição pulverizada como é Campo Grande, com vários candidatos, vai ter muita dificuldade para chegar ao segundo turno. Fora esses dois, todos os outros têm rejeição baixa e vão dar trabalho, vão disputar bem”, finalizou.

A pesquisa

Encomendada pelo site Diário MS News e registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o nº MS-05781/2024, o Instituto Ranking Brasil Inteligência fez uma pesquisa, no período de 26 a 30 de janeiro deste ano, junto a 1.000 moradores em todas as regiões do município de Campo Grande com 16 anos ou mais de idade. A pesquisa tem um intervalo de confiança de 95% e a margem de erro máxima estimada foi de 3,1% para mais ou para menos.

Espontânea

Na espontânea, a liderança é do ex-governador André Puccinelli (MDB), com 12,5% das intenções de voto, tecnicamente empatado com a ex-deputada federal Rose Modesto (União Brasil), com 11,4%, e com a atual prefeita Adriane Lopes (PP), com 10,2%. Depois aparecem o deputado estadual Lucas de Lima (PDT), com 6%, o deputado federal Beto Pereira (PSDB-MS), com 5,2%, o ex-deputado estadual Capitão Contar (PRTB), com 2,2%, e o deputado estadual Coronel David (PL), com 2,1%.

Mais atrás estão o deputado estadual Pedro Pedrossian Neto (PSD), com 1,7%, a deputada federal Camila Jara (PT-MS), com 1,3%, e o deputado federal Marcos Pollon (PL-MS), com 0,4%, sendo que 1% dos entrevistados citaram outros nomes e 46% não sabem ou não responderam.

Estimulada 1

Na pesquisa estimulada, o Instituto Ranking Brasil Inteligência fez quatro cenários e no primeiro o líder ainda é o ex-governador André Puccinelli, com 17,4%, tecnicamente empatado com a ex-deputada federal Rose Modesto, com 16%, e com a prefeita Adriane Lopes, com 15,2%. Na segunda parte, aparecem o deputado estadual Lucas de Lima, com 8%, o deputado federal Beto Pereira, com 6,1%, o ex-deputado estadual Capitão Contar, com 4%, e o deputado estadual Coronel David, com 3,8%.

Já na terceira parte da pesquisa, estão o deputado estadual Pedro Pedrossian Neto, com 3,3%, a deputada federal Camila Jara, com 3%, o deputado federal Marcos Pollon, com 0,6%, e o deputado estadual Rafael Tavares (PRTB), com 0,2%, sendo que 22,4% não sabem ou não responderam.

Estimulada 2

No segundo cenário, a líder é a ex-deputada federal Rose Modesto, com 22%, tecnicamente empatada com a prefeita Adriane Lopes, com 20%, enquanto mais atrás estão o deputado estadual Lucas de Lima, com 10,3%, o deputado federal Beto Pereira, com 9,2%, o deputado estadual Coronel David, com 5%, o deputado estadual Pedro Pedrossian Neto, com 4,5%, e a deputada federal Camila Jara, com 4%, sendo que 25% não sabem ou não responderam.

Estimulada 3

No terceiro cenário, a líder é a ex-deputada federal Rose Modesto, com 25,6%, tecnicamente empatada com a prefeita Adriane Lopes, com 23,5%, enquanto mais atrás estão o deputado federal Beto Pereira, com 11,4%, o deputado estadual Pedro Pedrossian Neto, com 7,2%, e a deputada federal Camila Jara, com 6,3%, sendo que 26% não sabem ou não responderam.

Estimulada 4

No quarto e último cenário, a líder é a prefeita Adriane Lopes, com 27,3%, tecnicamente empatada com a ex-deputada federal Rose Modesto, com 26,2%, enquanto em terceiro lugar aparece o deputado federal Beto Pereira, com 13,8%, sendo que 32,7% não sabem ou não responderam.

Rejeição estimulada

Na pesquisa de rejeição, o líder é André Puccinelli, com 25,2%, seguido pelo Capitão Contar, com 19%, Camila Jara, com 7,3%, Rafael Tavares, com 6,2%, Adriane Lopes, com 5%, Marcos Pollon, com 4,1%, Coronel David, com 3,4%, Beto Pereira, com 3%, Pedro Pedrossian Neto, com 2,6%, Rose Modesto, com 2,2%, e Lucas de Lima, com 2%, Rodrigo Lins, sendo que 20% não sabem ou não responderam.

Locais pesquisados

Regiões: Central (10%), Segredo (14%), Prosa (10%), Bandeira (15%), Anhanduizinho (24%), Lagoa (14%) e Imbirussu (12%). Distritos de Anhandui, Rochedinho e Zona rural (1%).

RANKING BRASIL INTELIGÊNCIA

Contato: (67) 99968-0055 (WhatsApp)

E-mail: [email protected]

www.rankingpesquisa.com.br

Fonte

Compartilhe:
Facebook
WhatsApp
Twitter
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias
Enquete

Qual sua opinião do Governo Lula?

  • Kamala Harris é a nova candidata democrata nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Siga @sudoeste_ms para ver mais!

(Reprodução: @joebiden )
  • A prefeita Adriane Lopes (PP) vem fazendo um rumoroso carnaval fora de época para proclamar a maior obra de sua gestão: a construção de um hospital por uma empresa privada, que vai alugá-lo ao Município por até R$ 5,1 milhões mensais durante 20 anos. Neste período, a construtora investirá R$ 842,1 milhões e abocanhará um lucro de R$ 392,015 milhões.

Trata-se de um delírio, se a realidade dos fatos for levada em conta. No início deste mês, por absoluta falta de competência e de zelo de Adriane, o Ministério da Saúde tirou da prefeitura de Campo Grande a gestão plena do Hospital Regional e a transferiu para o governo estadual. Com esta medida, a caótica situação da saúde vai piorar, já que os cofres da municipalidade vão perder R$ 4,8 milhões de repasses a cada mês, o que representa, em um ano, R$ 57,6 milhões.

Saiba mais www.sudoestems.com.br
  • Jair Bolsonaro se ofereceu para conversar com chefe da Receita Federal sobre investigação de Flávio Bolsonaro.

“A gente nunca sabe se alguém está gravando alguma coisa. Não estamos procurando favorecimento de ninguém”, afirmou o então Presidente da República que, de fato, era gravado clandestinamente por Alexandre Ramagem.

📹 Reprodução
  • Incêndio de grandes proporções destrói o Shopping Popular; vídeos e fotos impressionam

Um incêndio de grandes proporções destruiu o Shopping Popular, que fica localizado no bairro Dom Aquino, em Cuiabá, na madrugada desta segunda-feira (15), em Cuiabá. Militares do Corpo de Bombeiros estão no local para tentar conter as chamas. Informações preliminares apontam que grande parte da estrutura desabou. Não há informações feridos. 

📹OLHARDIRETO

#shoppingpopular #incendio #bombeiros #cuiaba #olhardireto #fogo
  • O ex-presidente Donald Trump foi retirado às pressas do palco por agentes do Serviço Secreto durante um comício eleitoral em Butler, na Pensilvânia, após vários sons que pareciam tiros. O republicano foi cercado pelos agentes e escoltado para um carro de sua comitiva logo após os disparos, segurando a orelha direita, que parecia estar sangrando. Segundo porta-voz do ex-presidente, Trump “está sendo examinado e está bem”, mas sem fornecer mais detalhes.

No momento dos disparos, que puderam ser ouvidos durante a transmissão ao vivo do evento, Trump interrompeu o discurso e se abaixou rapidamente, levando as mãos ao rosto, enquanto a multidão gritava.

Logo em seguida, as autoridades presentes instruíram o público a se abaixar e a se cobrir, enquanto a imprensa se retirava do palanque onde Trump discursava. Após uma breve pausa, o republicano se levantou, cercado por agentes e com a orelha sangrando, ergueu o punho para a multidão e foi levado às pressas para sua comitiva, que deixou rapidamente o local.

Segundo o jornal americano New York Times, os senadores Marco Rubio e J.D. Vance, junto com o governador Doug Burgum, da Dakota do Norte, que são os nomes mais cotados para o papel de vice de Trump, expressaram orações pelo magnata e pelos participantes do comício nas redes sociais. 🇺🇸
  • Se até a Iza é traída, quem dirá nós 😰

Siga @sudoeste_ms para ver mais! 📌 

(Reprodução: @/iza)
  • Que confusão!😂 🐀 Um rato resolveu fazer uma visita surpresa na casa da estudante de veterinária Nathalye Marques e a confusão foi garantida! 

Nas redes sociais, ela compartilhou a épica tentativa do marido e dos cachorros de capturarem o intruso que invadiu o banheiro.”Utilizamos nossa melhor arma: a Julie”, brincou Nathalye sobre a cachorrinha da família. Quem aí já passou por esse perrengue?

Reprodução: nathyymgonzaga / TKT
  • Em reunião com o  presidente do Partido Liberal (PL) de Mato Grosso do Sul @tenente.portela e o ex-presidente do Brasil, @jairmessiasbolsonaro Rodrigo Basso tem total apoio do partido para seguir sua pré-candidatura à Prefeitura Municipal de Sidrolândia.

Portela autoriza @rodrigobassosidrolandia a fazer alianças que forem necessárias para o pleito eleitoral.
  • A senadora Soraya Thronicke (Podemos) assumirá a liderança da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso Federal. A troca está prevista para o segundo semestre deste ano, após as eleições. Até lá o deputado federal Vander Loubet (PT) segue como coordenador dos deputados federais e senadores sul-mato-grossense.

“Thronicke que estava em agenda no interio do Estado na cidade de Coxim no PROSPERA MS, explicou que o Vander ainda irá acompanhar a destinação das emendas deste ano e ela assume a articulação para o ano que vem.” “Vamos trabalhar para garantir uma emenda volumosa para Mato Grosso do Sul. É muita responsabilidade”, afirmou. A senadora espera repassar R$ 800 milhões para o Estado.

A senadora ainda afirmou que irá acompanhar os projetos e garantiu uma relação saudável com os colegas. “Vou respeitar a decisão da bancada”, completou.

O Estado tem oito deputados federais. Além de Vander, representam MS os deputados Beto Pereira (PSDB), Camila Jara (PT), Dagoberto Nogueira (PSDB), Geraldo Resende (PSDB), Dr. Luiz Ovando (PP), Marcos Pollon (PL) e Rodolfo Nogueira (PL). No Senado, além de Soraya, Mato Grosso do Sul tem Nelsinho Trad (PSD) e Tereza Cristina (PP).

Saiba mais www.sudoestems.com.br
Kamala Harris é a nova candidata democrata nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Siga @sudoeste_ms para ver mais!

(Reprodução: @joebiden )
Kamala Harris é a nova candidata democrata nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Siga @sudoeste_ms para ver mais!

(Reprodução: @joebiden )
Kamala Harris é a nova candidata democrata nas eleições presidenciais dos Estados Unidos. Siga @sudoeste_ms para ver mais! (Reprodução: @joebiden )
3 dias ago
View on Instagram |
1/9
A prefeita Adriane Lopes (PP) vem fazendo um rumoroso carnaval fora de época para proclamar a maior obra de sua gestão: a construção de um hospital por uma empresa privada, que vai alugá-lo ao Município por até R$ 5,1 milhões mensais durante 20 anos. Neste período, a construtora investirá R$ 842,1 milhões e abocanhará um lucro de R$ 392,015 milhões.

Trata-se de um delírio, se a realidade dos fatos for levada em conta. No início deste mês, por absoluta falta de competência e de zelo de Adriane, o Ministério da Saúde tirou da prefeitura de Campo Grande a gestão plena do Hospital Regional e a transferiu para o governo estadual. Com esta medida, a caótica situação da saúde vai piorar, já que os cofres da municipalidade vão perder R$ 4,8 milhões de repasses a cada mês, o que representa, em um ano, R$ 57,6 milhões.

Saiba mais www.sudoestems.com.br
A prefeita Adriane Lopes (PP) vem fazendo um rumoroso carnaval fora de época para proclamar a maior obra de sua gestão: a construção de um hospital por uma empresa privada, que vai alugá-lo ao Município por até R$ 5,1 milhões mensais durante 20 anos. Neste período, a construtora investirá R$ 842,1 milhões e abocanhará um lucro de R$ 392,015 milhões. Trata-se de um delírio, se a realidade dos fatos for levada em conta. No início deste mês, por absoluta falta de competência e de zelo de Adriane, o Ministério da Saúde tirou da prefeitura de Campo Grande a gestão plena do Hospital Regional e a transferiu para o governo estadual. Com esta medida, a caótica situação da saúde vai piorar, já que os cofres da municipalidade vão perder R$ 4,8 milhões de repasses a cada mês, o que representa, em um ano, R$ 57,6 milhões. Saiba mais www.sudoestems.com.br
1 semana ago
View on Instagram |
2/9
Jair Bolsonaro se ofereceu para conversar com chefe da Receita Federal sobre investigação de Flávio Bolsonaro. “A gente nunca sabe se alguém está gravando alguma coisa. Não estamos procurando favorecimento de ninguém”, afirmou o então Presidente da República que, de fato, era gravado clandestinamente por Alexandre Ramagem. 📹 Reprodução
1 semana ago
View on Instagram |
3/9
Incêndio de grandes proporções destrói o Shopping Popular; vídeos e fotos impressionam Um incêndio de grandes proporções destruiu o Shopping Popular, que fica localizado no bairro Dom Aquino, em Cuiabá, na madrugada desta segunda-feira (15), em Cuiabá. Militares do Corpo de Bombeiros estão no local para tentar conter as chamas. Informações preliminares apontam que grande parte da estrutura desabou. Não há informações feridos. 📹OLHARDIRETO #shoppingpopular #incendio #bombeiros #cuiaba #olhardireto #fogo
1 semana ago
View on Instagram |
4/9
O ex-presidente Donald Trump foi retirado às pressas do palco por agentes do Serviço Secreto durante um comício eleitoral em Butler, na Pensilvânia, após vários sons que pareciam tiros. O republicano foi cercado pelos agentes e escoltado para um carro de sua comitiva logo após os disparos, segurando a orelha direita, que parecia estar sangrando. Segundo porta-voz do ex-presidente, Trump “está sendo examinado e está bem”, mas sem fornecer mais detalhes. No momento dos disparos, que puderam ser ouvidos durante a transmissão ao vivo do evento, Trump interrompeu o discurso e se abaixou rapidamente, levando as mãos ao rosto, enquanto a multidão gritava. Logo em seguida, as autoridades presentes instruíram o público a se abaixar e a se cobrir, enquanto a imprensa se retirava do palanque onde Trump discursava. Após uma breve pausa, o republicano se levantou, cercado por agentes e com a orelha sangrando, ergueu o punho para a multidão e foi levado às pressas para sua comitiva, que deixou rapidamente o local. Segundo o jornal americano New York Times, os senadores Marco Rubio e J.D. Vance, junto com o governador Doug Burgum, da Dakota do Norte, que são os nomes mais cotados para o papel de vice de Trump, expressaram orações pelo magnata e pelos participantes do comício nas redes sociais. 🇺🇸
2 semanas ago
View on Instagram |
5/9
Se até a Iza é traída, quem dirá nós 😰

Siga @sudoeste_ms para ver mais! 📌 

(Reprodução: @/iza)
Se até a Iza é traída, quem dirá nós 😰 Siga @sudoeste_ms para ver mais! 📌 (Reprodução: @/iza)
2 semanas ago
View on Instagram |
6/9
Que confusão!😂 🐀 Um rato resolveu fazer uma visita surpresa na casa da estudante de veterinária Nathalye Marques e a confusão foi garantida! Nas redes sociais, ela compartilhou a épica tentativa do marido e dos cachorros de capturarem o intruso que invadiu o banheiro.”Utilizamos nossa melhor arma: a Julie”, brincou Nathalye sobre a cachorrinha da família. Quem aí já passou por esse perrengue? Reprodução: nathyymgonzaga / TKT
2 semanas ago
View on Instagram |
7/9
Em reunião com o presidente do Partido Liberal (PL) de Mato Grosso do Sul @tenente.portela e o ex-presidente do Brasil, @jairmessiasbolsonaro Rodrigo Basso tem total apoio do partido para seguir sua pré-candidatura à Prefeitura Municipal de Sidrolândia. Portela autoriza @rodrigobassosidrolandia a fazer alianças que forem necessárias para o pleito eleitoral.
2 semanas ago
View on Instagram |
8/9
A senadora Soraya Thronicke (Podemos) assumirá a liderança da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso Federal. A troca está prevista para o segundo semestre deste ano, após as eleições. Até lá o deputado federal Vander Loubet (PT) segue como coordenador dos deputados federais e senadores sul-mato-grossense.

“Thronicke que estava em agenda no interio do Estado na cidade de Coxim no PROSPERA MS, explicou que o Vander ainda irá acompanhar a destinação das emendas deste ano e ela assume a articulação para o ano que vem.” “Vamos trabalhar para garantir uma emenda volumosa para Mato Grosso do Sul. É muita responsabilidade”, afirmou. A senadora espera repassar R$ 800 milhões para o Estado.

A senadora ainda afirmou que irá acompanhar os projetos e garantiu uma relação saudável com os colegas. “Vou respeitar a decisão da bancada”, completou.

O Estado tem oito deputados federais. Além de Vander, representam MS os deputados Beto Pereira (PSDB), Camila Jara (PT), Dagoberto Nogueira (PSDB), Geraldo Resende (PSDB), Dr. Luiz Ovando (PP), Marcos Pollon (PL) e Rodolfo Nogueira (PL). No Senado, além de Soraya, Mato Grosso do Sul tem Nelsinho Trad (PSD) e Tereza Cristina (PP).

Saiba mais www.sudoestems.com.br
A senadora Soraya Thronicke (Podemos) assumirá a liderança da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso Federal. A troca está prevista para o segundo semestre deste ano, após as eleições. Até lá o deputado federal Vander Loubet (PT) segue como coordenador dos deputados federais e senadores sul-mato-grossense. “Thronicke que estava em agenda no interio do Estado na cidade de Coxim no PROSPERA MS, explicou que o Vander ainda irá acompanhar a destinação das emendas deste ano e ela assume a articulação para o ano que vem.” “Vamos trabalhar para garantir uma emenda volumosa para Mato Grosso do Sul. É muita responsabilidade”, afirmou. A senadora espera repassar R$ 800 milhões para o Estado. A senadora ainda afirmou que irá acompanhar os projetos e garantiu uma relação saudável com os colegas. “Vou respeitar a decisão da bancada”, completou. O Estado tem oito deputados federais. Além de Vander, representam MS os deputados Beto Pereira (PSDB), Camila Jara (PT), Dagoberto Nogueira (PSDB), Geraldo Resende (PSDB), Dr. Luiz Ovando (PP), Marcos Pollon (PL) e Rodolfo Nogueira (PL). No Senado, além de Soraya, Mato Grosso do Sul tem Nelsinho Trad (PSD) e Tereza Cristina (PP). Saiba mais www.sudoestems.com.br
2 semanas ago
View on Instagram |
9/9

Matérias Relacionadas